Avançar para o conteúdo principal

Real us...


Ainda estamos "por casa", são as férias deles e prometi-lhes as melhores!

Não tem sido pacífico gerir três miúdos enérgicos, asneirentos e uma dinâmica cada vez mais exigente dos três. Passo os dias numa gestão de conflitos de manos, que me deixa completamente KO! Também há espaço para mergulhos, passeios, jogatanas mas eles querem sempre muito mais...  

Os miúdos estão imparáveis! E a velha história "do pulo" das férias é mesmo verdade!  Vejo-o com os meus próprios olhos. Voltaram a crescer - o Sebastião já deixou a fralda!!; e foram-se os bebés... - e já pedem outras "coisas". 


... Para suavizarmos tanta energia e refrescar um bocadinho a (falta) de rotina recebemos para um summer lunch :) a tia S, minha amiga de infância. Os nossos filhos também se conhecem desde o primeiro dia e são uma turminha daquelas.

carga dos trabalhos que é estar em casa com filhos de férias ficou revezada e passámos um belo dia! :) Entre correria, mergulhos, birras e afins deu para pormos a conversa em dia e ouvir muita música. O que eles dançaram!! 

À tardinha quando o A chegou, e antes de pôr todos na banheira, contamos-lhes como tinha sido tão cheio e divertido o dia. O pai fotografou o durante... choro, abraços, beijos, ...

Somos mesmo nós! 


(E estamos mesmo a precisar de férias e dar o fora daqui!)




O nosso Instagram.























Comentários

OUTROS POST

Terça-feira

Regressamos em passeio. Chegamos a casa! 
Havia TPC. Estudo de "Inglês", que está muito mais intuitivo.
Banhos e jantar.

[e entretanto trabalhar muito “o burro” do Mia que já queria ficar no treino do ACA] :)

Smile to my smile

Foi um fim de semana mais caseiro.

Sábado os quatro. Eu andei pelo bairro, depois de os deixar, e domingo foi tempo para a família, bolo de chocolate e pizza!

Já são três miúdos na saga das festas de anos; dois dias dois aniversários.

O Vicente começa a ter programas em casa de amigos, como aqueles que me lembro de fazer na minha adolescência. Pede para vestir “fixe e não janota” (não sei onde ouviu isto) e só quer ténis.

Entre o leva e trás houve tempo para o quentinho da lareira, filmes - em intermitente porque adormeço a meio... -, e também para muita lida da casa; tanta, mas tanta roupa...
Para o António muitos projetos e campo.

No entretanto também reparo que os rapazes estão enormes e são o meu maior sorriso.